domingo, outubro 09, 2005

Cepticismo de manhã

“Vamos votar todos!” disse eu enquanto bebericava numa caneca de leite morno. “Não nos podes obrigar” respondeu a mãe enquanto franzia o sobrolho e anunciava céptica “nem me sinto mentalmente preparada para olhar um boletim de voto e assinalar uma cruz em que não acredito…”