sábado, agosto 13, 2005

LiveStrong

Ainda com o sal no corpo, atravessei a marginal e explorei meia dúzia de lojas cubiculares. A maioria vendia bikinis, toalhas de praia, souvenirs, bonés e imensa quinquilharia inútil; mas numa dessas pequenas lojas encontrei também uma resma gorducha de pulseiras de plástico coloridas, e curiosa aproximei-me para verificar a dúvida que me assolara de súbito. “Não pode ser!” pensei, mas a verdade é que tinha na minha mão uma singela e flácida pulseira amarela com as seguintes letras gravadas “LIVESTRONG”! Uma perfeita e conspurcada imitação da famosa bracelete apadrinhada por Lance Armstrong, criada a fim de angariar fundos e solidariedade suficientes para combater o pesadelo cancro.
No entanto, ali nas minhas mãos, estava também uma imitação barata (0.50€) que permitia angariar fundos e indiferença suficientes para alimentar a vergonhosa exploração laboral que sofrem os trabalhadores chineses. Tudo em prol de uma moda com sentido…que surpreendentemente, deixou de ter senso!